Os lixos na Terra

LIXO HOSPITALAR é o mais variado possível, podendo ser constituído por restos de alimentos de enfermos, restos de limpeza de salas de cirurgias, salas dentárias, ambulatórios, salas de curativos e qualquer outro ambiente dos hospitais e clínicas. O lixo hospitalar é aquela porção de lixo que pode estar contaminada com vírus e bactérias de doenças humanas. Alguns hospitais possuem incineradores para seus lixos, mas são pouquíssimos. O que acaba acontecendo, é que o lixo hospitalar é levado para o mesmo lugar onde são levados os lixos urbanos, ou seja, aterros sanitários. O que é de praxe e é um erro gravíssimo.

Os LIXOS QUÍMICOS são compostos por resíduos industriais, resíduos eletrônicos, baterias, pilhas, lâmpadas, termômetros e outros materiais que contenham elementos químicos.

Os LIXOS NUCLEARES são resíduos de compostos radioativos produzidos por usinas nucleares. O lixo nuclear também é produzido na fabricação de armas nucleares e em laboratórios de raios-X.

O lixo nuclear pode levar de 50 a 100 anos para perder toda sua radioatividade.  O contato do ser humano com esse tipo de lixo pode ter como consequência, o desenvolvimento de várias doenças, sendo o câncer a principal delas. O contato do ser humano com o lixo nuclear, pode ainda, levar o ser humano ao óbito imediato ou a longo prazo. Atualmente, os lixos nucleares são armazenados em tambores, que são colocados em depósitos subterrâneos, que podem ser dentro da própria usina nuclear ou em regiões vizinhas à usina. Já existe projetos em países estrangeiros, onde se faz escavações de túneis embaixo do oceano. O que de nada adianta. Já imaginaram se um terremoto ocasiona o vazamento de alguns daqueles tambores? Isso pode acontecer e é isso que precisamos evitar.

Em relação a tudo isto, o Projeto Terra Nova propõe a retirada de lixos hospitalares, lixos químicos e nucleares do planeta Terra. Para isto, os lixos hospitalares e lixos químicos deverão ser enviados ao Sol, nosso incinerador natural. Os lixos nucleares deverão ser enviados à Lua, para lá serem armazenados em containeres, onde a Lua será um depósito natural. Deste modo, os lixos hospitalares/químicos e lixos nucleares deverão ser enviados ao Sol e a Lua, respectivamente, através de modernas naves espaciais.

Estes lixos serão armazenados em contêineres que estas naves levarão ao espaço. As naves deverão ser naves não tripuladas e teleguiadas através de um centro de controle na Terra. Contudo, poderá sim haver tripulação, mas esta não comandará a nave. A tripulação da nave teleguiada, através de um centro de controle espacial na Terra, poderão ser apenas turistas, que irão a um passeio no espaço, onde os turistas pagarão por este passeio.

Estes lixos serão armazenados em contêineres que estas naves levarão ao espaço. As naves deverão ser naves não tripuladas e teleguiadas através de um centro de controle na Terra. Contudo, poderá sim haver tripulação, mas esta não comandará a nave. A tripulação da nave teleguiada, através de um centro de controle espacial na Terra, poderão ser apenas turistas, que irão a um passeio no espaço, onde os turistas pagarão por este passeio.

O lixo nuclear pode levar de 50 a 100 anos para perder toda sua radioatividade.  O contato do ser humano com esse tipo de lixo pode ter como consequência, o desenvolvimento de várias doenças, sendo o câncer a principal delas. O contato do ser humano com o lixo nuclear, pode ainda, levar o ser humano ao óbito imediato ou a longo prazo. Atualmente, os lixos nucleares são armazenados em tambores, que são colocados em depósitos subterrâneos, que podem ser dentro da própria usina nuclear ou em regiões vizinhas à usina. Já existe projetos em países estrangeiros, onde se faz escavações de túneis embaixo do oceano. O que de nada adianta. Já imaginaram se um terremoto ocasiona o vazamento de alguns daqueles tambores? Isso pode acontecer e é isso que precisamos evitar.

Em relação a tudo isto, o Projeto Terra Nova propõe a retirada de lixos hospitalares, lixos químicos e nucleares do planeta Terra. Para isto, os lixos hospitalares e lixos químicos deverão ser enviados ao Sol, nosso incinerador natural. Os lixos nucleares deverão ser enviados à Lua, para lá serem armazenados em containeres, onde a Lua será um depósito natural. Deste modo, os lixos hospitalares/químicos e lixos nucleares deverão ser enviados ao Sol e a Lua, respectivamente, através de modernas naves espaciais.

© 2018 por PROJETO TERRA NOVA. Orgulhosamente criado com Wix.comm

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now